Udesporto - Jornal desportivo online com blog e análise de jogos

Fórmula 1 Sep 07, 2019 Ana Ventura

Ferrari e Monza combinam: 'pole' para Leclerc

Pela segunda semana consecutiva, Charles Leclerc vai arrancar do primeiro lugar da grelha. O monegasco conseguiu a pole position para o Grande Prémio de Itália, numa volta de qualificação um tanto polémica por parte de todos os pilotos: de nove carros, somente dois passaram a linha da meta antes do relógio do Q3 fechar. 

Lando Norris, Max Verstappen e Pierre Gasly sabiam desde o início deste fim de semana que iriam receber penalizações por mudanças nos motores e em novas peças que necessitavam e iriam começar, assim, do fim da grelha. Com o acidente de Raikkonen no Q3 e a paragem de Perez no Q1, as penalizações podem aumentar.

Q1: Ambos os Renaults voaram logo na primeira sessão e acabaram em segundo e quinto. Houve uma bandeira vermelha graças a Sergio Pérez, que viu o Racing Point a “apagar” a quatro minutos do fim do Q1. Para além do mexicano, foram eliminados Grosjean, Russell, Kubica e Verstappen.

Q2: A hora da verdade chegou com apenas dois minutos para o final, quando todos os pilotos decidiram sair para melhorar os seus tempos. Os eliminados nesta segunda sessão foram Giovinazzi, Magnussen, Kvyat, Norris e Gasly. Os últimos dois começarão do fim da grelha.

Q3: Mais uma bandeira vermelha, desta vez devido a Kimi Raikkonen, que bateu nas barreiras de pneus da parabólica. Muitas das voltas não foram contadas porque os pilotos estavam a ultrapassar os limites da pista na mesma curva que o finlandês bateu. Apesar de tudo, algo inédito aconteceu: todos os pilotos saíram ao mesmo tempo da pit lane e começaram a abrandar-se uns aos outros. Na hora de chegar à meta, apenas Carlos Sainz e Charles Leclerc conseguiram passar a linha antes do semáforo ficar vermelho e fazer assim a volta de qualificação.

Com tudo isso, a última volta da qualificação ficou em investigação pelos stewards.

Classificação da qualificação:

  1. Charles Leclerc, Ferrari, 1m19,307s
  2. Lewis Hamilton, Mercedes, +0,039s
  3. Valtteri Bottas, Mercedes, + 0,047s
  4. Sebastian Vettel, Ferrari, +0,150s
  5. Daniel Ricciardo, Renault,, +0,532s
  6. Nico Hulkenberg, Renault +0,742s
  7. Carlos Sainz Jr, McLaren, +1,148s
  8. Alex Albon, Toro Rosso, NT
  9. Lance Stroll, Racing Point, NT
  10. Kimi Raikkonen, Alfa Romeo,NT
  11. Antonio Giovinazzi, Alfa Romeo, +1,210s
  12. Kevin Magnussen, Haas, +1,307s
  13. Daniil Kvyat, Toro Rosso, +1,323
  14. Lando Norris, McLaren, +1,761s (começa do fim da grelha)
  15. Pierre Gasly, Red Bull, +1,818s (começa do fim da grelha)
  16. Romain Grosjea, Haas, +1,477s
  17. Sergio Perez, Racing Point, +1,984s
  18. George Russell, Williams, +2,493s
  19. Robert Kubica, Williams, +3,049s
  20. Max Verstappen, Red Bull, NT (começa do fim da grelha)