Udesporto - Jornal desportivo online com blog e análise de jogos

LigaPro Nov 06, 2019 Daniel Sousa

LigaPro: Nacional e SC Covilhã deslizam, Farense isola-se na liderança

O Farense é o novo líder isolado da LigaPro, na sequência dos resultados verificados na nona jornada da prova. O SC Covilhã tem menos um jogo realizado e, em caso de vitória no desafio em atraso, assume a liderança da prova. Contudo, até ver, a formação algarvia comanda a solo.

Fotografia: Nelson Manteigas/SC Covilhã

A ronda arrancou na Serra da Estrela, com o SC Covilhã a receber o FC Penafiel. A equipa de Ricardo Soares vinha de uma vitória caseira frente ao Cova da Piedade (1-0), ao passo que os penafidelenses tinham empatado sem golos na receção à Académica. Apesar do domínio serrano durante praticamente todo o encontro, o resultado acabou por permanecer no 0-0 de início a fim. A equipa de Penafiel não realizou qualquer remate à baliza adversária, ao passo que Kukula e Deivison estiveram perto de garantir a vitória dos homens da casa, que deixaram cair pontos pela segunda vez esta temporada.

Fotografia: Casa Pia AC

No Estádio Pina Manique, os promovidos Casa Pia e UD Vilafranquense encontraram-se para procurar três preciosos pontos. A formação visitante parecia bem encaminhada para garantir o triunfo quando, ao intervalo, vencia por 0-2 com um bis de João Vieira (30' e 40'). No entanto, a equipa da casa, a necessitar de pontos como quem do pão para a boca, operou uma reviravolta histórica no segundo tempo e acabou a vencer por 3-2, com golos de Jorge Ribeiro (61'pen), Kikas (70') e Evandro Roncatto (80').

Fotografia: Duarte Rodrigues

A jornada de domingo arrancou com a receção do FC Porto B ao Leixões. A equipa portista, que tinha batido o Académico de Viseu (0-2) na jornada anterior, arrancou melhor e adiantou-se logo aos 12 minutos, com uma grande penalidade convertida por Vítor Ferreira. Os homens de Matosinhos, que procuravam retomar o caminho das vitórias após o desaire em Faro (1-0), empataram apenas cinco minutos depois, por intermédio de André Claro e, aos 19', João Graça consumou a reviravolta. No segundo tempo, Harramiz fez o terceiro golo na altura certa (66') e sentenciou o encontro a favor dos homens de Carlos Pinto.

No Algarve, o Farense recebeu e venceu o CD Mafra por 2-1. Os comandados de Sérgio Vieira aproveitaram o deslize do SC Covilhã na véspera e não facilitaram na receção à equipa orientada por Vasco Seabra. Aos 37 minutos, Fabrício Simões adiantou os algarvios na conversão de uma grande penalidade. O avançado de 34 anos fez o segundo golo na LigaPro e o quinto na temporada. No arranque da segunda parte, ainda a equipa visitante ensaiava uma estratégia para dar a volta aos acontecimentos quando Matheus Silva ampliou a vantagem do Farense (50'). O CD Mafra ainda havia de reduzir, por intermédio de Paul Ayongo (71'), mas os três pontos ficaram no Sul do país e permitiram ao histórico Farense isolar-se na liderança.

Fotografia: CD Nacional

Em Santa Maria da Feira, o Nacional jogava para chegar ao comando da prova. A equipa madeirense era a única formação que podia destronar o Farense, mas não foi além de um empate a uma bola frente ao Feirense. Depois da derrota perante o Benfica B e do empate frente ao Varzim, a equipa insular voltou a ver-se em maus lençóis quando Bruno Ramires abriu o marcador, aos 68 minutos. Nesta altura os homens da Feira já jogavam com menos uma unidade, por expulsão de Christian (53'). Os pupilos de Luís Freire reagiram e o empate surgiu ao minuto 76, numa grande penalidade convertida por Bryan Róchez. O hondurenho, que leva seis golos no campeonato, teve nos pés a oportunidade de consumar a reviravolta, mas desperdiçou um segundo castigo máximo, ao minuto 83. Três minutos depois, o Feirense também beneficiou de uma grande penalidade, mas Aaron Boupendza também desperdiçou. Até ao final, os madeirenses também ficaram reduzidos a dez elementos, por expulsão de Júlio César.

Na Amoreira, o Estoril Praia de Tiago Fernandes continua a fazer do António Coimbra da Mota uma fortaleza. Os canarinhos somaram a quarta vitória em cinco jogos realizados em casa para o campeonato, ao bater o Académico de Viseu por 3-1. O avançado Roberto foi a grande figura do encontro, ao apontar um hat-trick (13', 35' e 51') que lhe permitiu assumir a liderança da tabela dos melhores marcadores, com oito golos. O primeiro tento do encontro foi uma autêntica obra de arte, com o avançado a finalizar de forma acrobática depois de um grande trabalho de Daniel Bragança (que acabou expulso ao minuto 90). A expulsão de Tiago Almeida aos 15 minutos também não ajudou os visitantes, que apenas conseguiram encurtar a distância na segunda parte, fruto de um golo de Jean Patric (54').

Fotografia: UD Oliveirense

A UD Oliveirense conseguiu uma muita necessitada vitória, na receção ao "lanterna vermelha" Cova da Piedade. A formação de Oliveira de Azeméis venceu por 2-0, com um golo de Michael Douglas (51') e um auto-golo de Junior Oto'o (63'), e conquistou a segunda vitória na Liga, a primeira nas últimas quatro jornadas.

Fotografia: Liga Portugal

Na visita ao Caixa Futebol Campus, o GD Chaves regressou às vitórias, depois do desaire na visita ao Varzim. Os flavienses saíram para o intervalo em desvantagem frente ao Benfica B, na sequência de um golo de Rodrigo Conceição (32'). No entanto, José Mota afinou a estratégia ao intervalo e, aos 49 minutos, uma grande penalidade convertida por André Luís deu o empate aos transmontanos. Os 15 minutos iniciais da segunda parte acabaram por ser fatais para as águias. Aos 56', Wagner confirmou a cambalhota no marcador e, aos 61', uma nova grande penalidade foi convertida por André Luís, que bisou no encontro e chegou aos sete tentos no campeonato.

A jornada terminou na Póvoa de Varzim, com o Varzim a vencer a Académica por 2-1. O resultado construiu-se numa primeira parte animada, com Leonardo Ruiz a dar vantagem aos homens da casa logo aos oito minutos. Aos 20', Alan Henrique aumentou para 2-0 e deixou a equipa comandada por César Peixoto numa posição delicada. A grande penalidade convertida por Zé Castro, ao minuto 33, ofereceu algum ânimo à Briosa, mas os poveiros conseguiram agarrar a vitória até ao apito final.

LigaPro
Jornada 9

SC Covilhã 0 - 0 FC Penafiel

Casa Pia 3 - 2 UD Vilafranquense
(Jorge Ribeiro 61'pen, Kikas 70', Evandro Roncatto 80'; João Vieira 30' 40')

FC Porto B 1 - 3 Leixões
(Vítor Ferreira 12'pen; André Claro 17', João Graça 19', Harramiz 66')

Farense 2 - 1 CD Mafra
(Fabrício Simões 37'pen, Matheus Silva 50'; Paul Ayongo 71')

Feirense 1 - 1 Nacional
(Bruno Ramires 68'; Bryan Róchez 76'pen)

Estoril Praia 3 - 1 Académico de Viseu
(Roberto 13' 35' 51'; Jean Patric 54')

UD Oliveirense 2 - 0 Cova da Piedade
(Michael Douglas 51', Junior Oto'o 63'pb)

Benfica B 1 - 3 GD Chaves
(Rodrigo Conceição 32'; André Luís 49'pen 61'pen, Wagner 56')

Varzim 2 - 1 Académica
(Leonardo Ruiz 8', Alan Henrique 20'; Zé Castro 33'pen)

Classificação:
1. Farense, 21 pontos
2. Nacional, 19 (+1 jogo)
3. SC Covilhã, 19 (-1 jogo)
4. Estoril Praia, 18
5. Leixões, 17
6. GD Chaves, 15
7. Varzim, 13
8. Académico de Viseu, 12
9. FC Penafiel, 11 (-1 jogo)
10. CD Mafra, 11 (-1 jogo)
11. Feirense, 10 (-1 jogo)
12. FC Porto B, 10 (+1 jogo)
13. Benfica B, 10
14. Académica, 9
15. UD Oliveirense, 8
16. Casa Pia, 7
17. UD Vilafranquense, 7
18. Cova da Piedade, 6