Udesporto - Jornal desportivo online com blog e análise de jogos

LPB PLACARD Nov 23, 2019 Daniel Sousa

LPB. Quarteto da frente não desarma

A oitava jornada da LPB Placard deixou tudo igual nos lugares cimeiros da tabela classificativa. Os quatro primeiros classificados venceram mais uma vez, com o FC Porto a manter-se como a única equipa ainda invicta na competição.

Os dragões receberam e venceram o Barreirense por 97-76, num jogo que a equipa portista controlou de início a fim. O conjunto do Barreiro ainda conseguiu vencer o quarto parcial, mas já era tarde para encurtar uma vantagem azul e branca que chegou a ser de 29 pontos. Os portistas tiveram em Max Landis o principal artilheiro, com 21 pontos, e conquistaram a oitava vitória consecutiva na prova.

A UD Oliveirense, campeã em título, teve uma tarefa mais difícil na receção ao CAB Madeira. A equipa de Oliveira de Azeméis enfrentou uma forte resistência dos visitantes na primeira parte, com o encontro a chegar ao intervalo empatado a 38. Na segunda parte, os oliveirenses impuseram uma maior qualidade no jogo e acabaram por marcar a diferença logo no terceiro período, onde construíram uma vantagem confortável e que geriram durante os últimos 10 minutos. A partida terminou com o resultado de 97-83, com Duda Sanadze a ser a grande figura. O jogador da casa apontou 29 pontos e seis assistências.

No Pavilhão João Rocha, o Sporting CP enfrentou uma forte resistência do Vitória SC até aos momentos finais. Os leões venceram por 89-83, mas estiveram com dificuldades em vários momentos do encontro, perante uma formação vimaranense aguerrida e que em nenhuma altura se deu por vencida. Os vitorianos chegaram mesmo aos últimos instantes com uma desvantagem de apenas três pontos, mas a maior experiência do leão falou mais alto. Abdul Abu, com 23 pontos e sete ressaltos, foi o jogador em destaque.

Também o Benfica conseguiu vencer nesta jornada. Os encarnados foram ao Barreiro colocar um ponto final na série de vitórias do Galitos, com um triunfo por 83-94. A equipa orientada por Carlos Lisboa esteve particularmente inspirada no lançamento exterior e foi a partir desse aspeto que criou várias dificuldades aos homens da casa, que apenas no quarto parcial se conseguiram superiorizar às águias. José Silva apontou 22 pontos, com cinco lançamentos de três pontos concretizados, e foi o melhor marcador encarnado.

LPB Placard
Jornada 8

UD Oliveirense 97 - 83 CAB Madeira
Sporting CP 89 - 83 Vitória SC
Ovarense 79 - 60 Maia BC
Terceira Basket 88 - 111 Lusitânia
Illiabum 77 - 88 Esgueira
Galitos 83 - 94 Benfica
FC Porto 97 - 76 Barreirense