Udesporto - Jornal desportivo online com blog e análise de jogos

Nacional Feminino Nov 04, 2019 Daniel Sousa

Nacional Feminino: Líder Académica não treme, Benfica e Sporting goleiam

A quarta jornada do Campeonato Nacional da I Divisão feminina de hóquei em patins jogou-se no passado fim de semana. A Académica manteve o pleno de vitórias na competição, assim como o Benfica e o Sporting, que alcançaram goleadas e seguem na perseguição às estudantes, que ainda não folgaram.

A ronda arrancou em solo lisboeta, com o CACO a receber a UD Vilafranquense. Depois de ter folgado na jornada anterior, a equipa treinada por Hugo Nascimento venceu por 6-1 e conquistou a segunda vitória no campeonato. O encontro ficou resolvido na primeira parte, com seis minutos verdadeiramente avassaladores por parte das atletas da casa. Aos 12 minutos, Sara Fernandes abriu o marcador e, aos 18', o resultado já estava em 5-0 a favor do CACO, fruto dos golos de Diana Lopes (13'), Rita Dias (15') e Margarida António (17' e 18'). Na segunda parte, a equipa de Vila Franca de Xira teve uma grande ocasião para reduzir a desvantagem, mas Joana Cruz não conseguiu converter uma grande penalidade. Dois minutos depois, o CACO também teve direito a um castigo máximo, que Rita Dias converteu no 6-0. Ao minuto 36, Isa Ricardo fez o único golo das forasteiras e estabeleceu o resultado final.

Na Mealhada, o Benfica venceu de forma esclarecedora a equipa do CR Antes. As encarnadas triunfaram por 0-24, numa partida que teve 12 golos em cada parte. As atletas orientadas por Paulo Almeida dominaram a partida de início a fim e os golos foram surgindo com naturalidade. Marlene Sousa foi a principal artilheira, com nove golos marcados, seguida de perto por Maria Sofia Silva, que fez sete. Sofia Contreiras ficou-se pelo hat-trick, enquanto que Marta Piquero e Macarena Ramos bisaram e Ana Arsénio fez o gosto ao stick por uma vez.

Em Santa Maria da Feira, uma grande exibição de Joana Teixeira guiou o CA Feira à segunda vitória na competição. A equipa treinada por José Reis recebeu e venceu a UDC Nafarros por 7-1. Um poker de Joana Teixeira nos primeiros 18 minutos de jogo deixou a equipa  da casa com uma vantagem confortável no marcador. A poucos segundos do intervalo, Mariana Lopes reduziu para a formação visitante, que ainda assim não conseguiu levar a cabo a recuperação na segunda metade do encontro. Cátia Gomes fez o 5-1 aos 27 minutos e depois foi a vez da guardiã Joana Santos brilhar, ao defender uma grande penalidade de Alice Domingues e um livre direto de Carolina Pedro para manter a equipa da casa com uma vantagem de quatro tentos. De livre direto, a castigar a 10.ª falta das forasteiras, Joana Teixeira chegou ao quinto golo na conta pessoal, antes de Sofia Portugal fechar as contas do encontro.

As líderes somaram em Montemor-o-Velho a quarta vitória em outros tantos jogos. A Académica triunfou por 1-7 na visita ao AF Arazede, num jogo que dominou durante grande parte do tempo. A equipa de Coimbra não se livrou de um susto quando, aos nove minutos, a equipa da casa dispôs de uma grande penalidade. Eva Faim acabou por permitir a defesa de Alice Vicente e o lance serviu para despertar para as estudantes, que inauguraram o marcador cinco minutos depois, por intermédio de Vera Simões. Ainda na primeira parte, Salomé Simões também marcou e levou as pupilas de Carlos Fernandes a vencer por 0-2 para o descanso.

Na segunda parte, Ana Sofia Silva fez dois golos no mesmo minuto e, no minuto seguinte, Beatriz Figueiredo aumentou para 0-5 e deixou o encontro praticamente resolvido. Até ao final, houve tempo para Catarina Costa bisar e dilatar o marcador para 0-7, antes de Diana Pereira converter um livre direto para fazer o único golo das jogadoras da casa.

No Porto, o festival de Inês Açoreira deu a vitória ao Infante Sagres frente à AD Sanjoanense por 3-0. Depois de um nulo ao intervalo, a número 9 da equipa da casa assinou um hat-trick na segunda parte para garantir a segunda vitória da equipa no campeonato. Pelo meio, quando o placard assinalava o resultado de 1-0, Inês Moreira travou uma grande penalidade de Daniela Silva e impediu o empate.

A jornada terminou no Pavilhão João Rocha onde, numa partida de sentido único, o Sporting venceu a APAC Tojal por 16-0. O marcador começou a funcionar aos seis minutos, com um golo de Rita Lopes e, quando chegou o intervalo, já assinalava o resultado de 9-0. Ao golo inaugural seguiram-se golos de Sofia Moncóvio (8' e 13'), Tânia Freire (15' e 21'), da própria Rita Lopes (fez mais três, aos 18', 21' e 23') e de Adriana Gutiérrez (22'). Na segunda metade, Rute Lopes fez o gosto ao stick antes da irmã, Rita, juntar mais dois golos à conta pessoal. Até ao final, Ana Catarina Ferreira ainda foi a tempo de bisar e Tânia Freire juntou mais dois à conta pessoal para consumar o poker.

Campeonato Nacional Feminino da I Divisão
Jornada 4

CACO 6 - 1 UD Vilafranquense
CR Antes 0 - 24 Benfica
CA Feira 7 - 1 UDC Nafarros
AF Arazede 1 - 7 Académica
Infante Sagres 3 - 0 AD Sanjoanense
Sporting 16 - 0 APAC Tojal
FOLGA: CH Carvalhos

Classificação:
1. Académica, 12 pontos
2. Benfica, 9
3. Sporting, 9
4. Infante Sagres, 7
5. CH Carvalhos, 6
6. AD Sanjoanense, 6
7. CACO, 6
8. CA Feira, 6
9. UD Vilafranquense, 4
10. APAC Tojal, 3
11. UDC Nafarros, 3
12. AF Arazede, 0
13. CR Antes, 0