Udesporto - Jornal desportivo online com blog e análise de jogos

Hóquei em Patins Jul 11, 2019 Daniel Sousa

Portugal bate Itália nas grandes penalidades e segue para as 'meias'

A seleção portuguesa de hóquei em patins está apurada para as meias-finais do Campeonato do Mundo. Esta quinta-feira, Portugal bateu a Itália no desempate por grandes penalidades, depois de um empate a cinco golos no final do prolongamento.

O encontro não começou de feição para a equipa orientada por Renato Garrido, que aos seis minutos já perdia por 0-2, com golos de Ambrosio e Verona. Aos 11 minutos, Jorge Silva reduziu com um desvio à boca da baliza e, em cima do intervalo, Gonçalo Alves empatou na marcação de uma grande penalidade.

A segunda parte foi uma cópia fiel da primeira, com os transalpinos a entrarem novamente melhor e a chegarem pela segunda vez a uma vantagem de dois golos. Cocco (31') e Malagoli (34') colocaram o resultado em 2-4. Aos 38 minutos, Portugal voltou a ter uma grande penalidade a favor, mas Gonçalo Alves não conseguiu concretizar. Aos 43', João Rodrigues apareceu solto em zona de finalização e colocou a diferença na margem mínima. No minuto seguinte, um "tiro" de meia distância de Hélder Nunes resultou no empate. A 29 segundos do fim, os italianos ainda tiveram um livre direto a favor, mas Ângelo Girão levou a melhor sobre Ambrosio e empurrou o jogo para o prolongamento.

Em powerplay, fruto do cartão azul mostrado a Rafa, os italianos aproveitaram para iniciar o prolongamento com o quinto golo, apontado por Ambrosio. A equipa das quinas terminou a primeira parte do tempo extra por cima do jogo, com Hélder Nunes a rematar por duas vezes à trave na sequência de um livre direto. No entanto, só na segunda parte é que Portugal chegou ao 5-5, com João Rodrigues a desviar um remate de Gonçalo Alves para a baliza.

Nas grandes penalidades, Ângelo Girão vestiu a capa de herói. O guarda-redes português defendeu três das cobranças italianas, com João Rodrigues e Hélder Nunes a conseguirem converter para a turma lusa. À quarta penalidade, Elia atirou ao lado e confirmou o triunfo português.

Nas meias-finais da prova, que se jogam esta sexta-feira, Portugal vai defrontar a "vizinha" Espanha, que goleou a Colômbia por 9-0. A outra meia-final vai opor a Argentina - que venceu Angola por 6-0 - à França, que bateu o Chile por 5-4.