Udesporto - Jornal desportivo online com blog e análise de jogos

Liga NOS Aug 11, 2019 Daniel Sousa

Ricardo Sá Pinto: "Era importante vencer e começar bem o campeonato"

No final do encontro, que viu o SC Braga triunfar sobre o Moreirense (3-1), Ricardo Sá Pinto era um homem muito satisfeito. Na sala de imprensa do Estádio Municipal de Braga, o técnico dos arsenalistas deixou elogios à exibição e considera normal a existência de algum relaxamento nos minutos finais.

"Estou satisfeito, dominámos por completo o adversário, que teve aqui ou ali alguns momentos de posse e circulação, mas muito pouco para o controlo que tivemos. A vitória é inteiramente justa. Tiveram só a oportunidade que deu o golo, provavelmente num momento de relaxamento. Vínhamos de um jogo muito exigente e era importante vencer e começar bem o campeonato. Estamos numa sequência de jogos difíceis, é natural que tenha havido algum relaxamento, mas estou satisfeito com o jogo que fizemos, pelo resultado e pela forma como gerimos o jogo. O Moreirense vinha tentar desgastar-nos psicologicamente, mas fomos pacientes e ganhámos com toda a justiça", começou por dizer o treinador minhoto.

Depois da vitória na Dinamarca, os Gverreiros do Minho apresentaram-se com algumas alterações no onze. A mais notada foi a de André Horta, que foi substituído por João Novais. "O Novais não faz a função do André. Podem fazer a mesma posição, mas não faz um de outro. Confio igualmente nos dois. O André fez um grande jogo na quinta-feira, hoje o João fez um grande jogo também. Tenho a felicidade de ter jogadores em todas as posições que merecem jogar e que querem ajudar a equipa. Todos corresponderam, não há ninguém que não estivesse a um bom nível", explicou Sá Pinto.

Sobre os objetivos do SC Braga: "Já respondi várias vezes a essa pergunta, mas volto a responder. Os objetivos serão: na Liga chegar ao quarto lugar e consolidar esse quarto lugar, depois logo se verá; em termos de competições europeias o objetivo é tentar chegar à fase de grupos; nas taças queremos chegar o mais longe possível".

A concluir, Sá Pinto falou num campeonato cada vez mais competitivo e na maior exigência para quem disputa várias competições. "Disse na flash que o campeonato é competitivo, acho que vai ser difícil para toda a gente, para nós e para todos os adversários. Isso é notório pelos resultados. Temos de perceber que não há segredos hoje em dia. As equipas que têm jogos consecutivos têm menos tempo para preparar e recuperar jogos. Para quem não tem que o fazer tem essa capacidade de preparar melhor o jogo, a estratégia. Para quem está em várias competições a exigência é maior, mas é algo que até gostamos. Prefiro que seja difícil e que possamos estar em quatro competições", atirou.