Udesporto - Jornal desportivo online com blog e análise de jogos

Liga NOS Sep 08, 2019 Daniel Sousa

Rio Ave e Vitória SC empatam no acerto de calendário

Aproveitando a paragem para os jogos das seleções nacionais, Rio Ave e Vitória SC acertaram este domingo o calendário. As duas equipas encontraram-se em Vila do Conde para realizar a partida referente à primeira jornada da  Liga NOS, que tinha sido adiada na sequência de problemas com uma das bancadas do recinto vilacondense. Entre internacionais, lesionados e jogadores não inscritos, foram 18 as baixas vimaranenses para a partida desta tarde. Ainda assim, a equipa comandada por Ivo Vieira conseguiu arrancar um empate a uma bola.

A equipa de Guimarães foi a primeira a dar um sinal de perigo. André Pereira apareceu nas costas da defesa adversária, mas o remate saiu por cima do alvo. O Rio Ave respondeu logo a seguir, com Matheus Reis a apanhar a bola a meia altura e a arriscar no remate de fora da área, que encontrou o travessão da baliza à guarda de Douglas

As duas equipas encaixaram uma na outra nos minutos que se seguiram, e só ao minuto 22 voltou a haver um lance de perigo junto da baliza vitoriana. Diego Lopes surgiu em grande posição para fazer o golo, mas o corte de Pedro Henrique foi providencial para que os vilacondenses não se adiantassem no marcador. Contudo, o Rio Ave acabou mesmo por chegar à vantagem aos 41 minutos. Carlos Mané ganhou a linha de fundo pela direita e cruzou atrasado, com Bruno Moreira a iludir Bondarenko com a movimentação e a cabecear sozinho para o fundo da baliza.

Num jogo de parada e resposta, uma primeira parte animada fechou com o golo do empate. João Carlos Teixeira colocou a bola em Sacko à direita e o lateral cruzou para as costas da defesa do Rio Ave, onde apareceu André Almeida a romper e a cabecear para fora do alcance de Kieszek. Ao intervalo, o placard assinalava uma igualdade a um golo.

Na segunda parte, os homens da casa sofreram uma contrariedade logo aos 57 minutos. Borevkovic cometeu uma falta dura sobre Rafa Soares e Hugo Miguel admoestou o defesa com o cartão amarelo numa primeira fase. Contudo, após ter analisado o lance com a ajuda do vídeo-árbitro (VAR), o juiz da partida mudou a decisão e deu ordem de expulsão ao croata.

Em superioridade numérica, o Vitória SC aproximou-se com maior perigo da baliza adversária. Poucos segundos depois da expulsão, Florent Hanin trabalhou bem pela esquerda e cruzou rasteiro para a pequena área, onde André Pereira falhou a emenda. Até ao final, os visitantes continuaram a pressionar e as melhores oportunidades pertenceram a Rafa Soares, que acabou por não conseguir aproveitar nenhuma delas. Pelo meio, João Pedro chegou a fazer o 1-2 na sequência de um canto, mas o golo foi invalidado devido ao desvio com a mão do avançado vimaranense.

Com o calendário acertado, o Vitória SC de Ivo Vieira continua a demonstrar problemas na finalização e com isso somou o terceiro empate em quatro jogos. O Rio Ave, ao contrário da equipa vitoriana, já venceu na prova e conquistou esta tarde mais um ponto, que deixa a turma vilacondense em quinto lugar, com um total de sete pontos.